Pão Doce Caseiro fofinho, fácil de fazer e delicioso

em 2 de dezembro de 2017

Pão Doce de leite condensado na massa: fácil de fazer e muito, muito bom!!


Este pão doce é uma receita bem antiga da minha sogra. Ele fica extremamente fofo, macio, uma delícia. Apesar do leite condensado na massa, não fica exageradamente doce.

Você pode incrementar colocando frutas cristalizadas e uvas passas, cerejas, nozes, aqui coloquei côco ralado, pois era só o que eu tinha. Dá um belo pão doce de Natal! Muito bom para dar de presente, para vender, pois a massa rende!

O glacê de açúcar de confeiteiro é uma delícia. Recomendo!!


Ingredientes da Massa

1 kg de farinha de trigo
4 colheres de sopa de açúcar
4 ovos
1 pitada de sal
1 lata de leite condensado
1/2 medida da lata de óleo
1 medida da lata de água ou leite
100g de fermento fresco

Dissolva o fermento no açúcar em uma bacia grande até ficar bem líquido.
No liquidificador bata todos os ingredientes, menos a farinha.
Coloque a farinha sobre o fermento e despeje um tanto do liquidificador, comece a misturar e vá despejando a mistura até acabar.
Amasse e sove a massa por 30 minutos.
Deve desgrudar das mãos. Se necessário, vá polvilhando mais farinha, sempre de pouquinho.
Coloque para descansar por 2 horas, coberto, em local que não pegue ar frio (eu coloco sempre dentro do forno desligado)

Depois de crescida, divida em 4 partes. Não é necessário sovar novamente. Modele os pães a gosto (fizemos umas tranças marretas aqui rsrs)

Pincele com gema.

Assadeira untada levemente com óleo, forno pré-aquecido 30 a 40 minutos.

Quando estiverem assados, retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade. Olha como ficaram (rendeu 4 pães desse tamanho, a forma é de pizza, enorme!)

Pão Doce Caseiro, ideal para vender: massa fofinha, uma delícia! Na Cozinha do Quintal

Pão Doce Caseiro: simples, delicioso. Faça =) Na Cozinha do Quintal você encontra receitas para um dia a dia mais gostoso!

Se desejar, coloque o glacê de açúcar quando os pães ainda estiverem quentes.

Glacê

2 xícaras de açúcar de confeiteiro (se não tiver, bata o açúcar normal no liquidificador, aos poucos, pulsando, até que ele fique bem fino)
4 colheres de sopa de água
gotinhas de limão a gosto
gotinhas de baunilha se preferir
raspas de limão ou de laranja se gostar

Misture bem o açúcar com a água, até que fique cremoso. Se ficar grosso demais, acrescente mais água bem aos poucos. Espalhe sobre os pães quentes e deixe esfriar completamente antes de cortar.

Se for embalar para presentear ou vender, certifique-se que o glacê esteja completamente seco e duro, assim não vai grudar. Você pode usar papel celofane, colocar uma etiqueta bem fofa e olha que maravilha... Monte uma cesta com uma geléia caseira, cookies, ou um bolo, mais esse pão! E presenteie com algo feito com amor =)

Últimas dicas:

- respeite o tempo de crescimento da massa
- sove bem
- unte levemente a forma para que não grude ou use uma forma antiaderente
- faça o glacê, você não vai se arrepender (usei 2 receitas do glacê para os 4 pães)
- capriche na modelagem, faça tranças ou enrole bem bonito. Se preferir (é melhor!) pese quantidades iguais de massa para que os pães fiquem do mesmo tamanho.



Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017.

A embalagem perfeita para o seu panetone está na Setor da Embalagem

em 29 de novembro de 2017

Embalagem para panetone da Galvanotek você compra na Setor da Embalagem

Aqui na Cozinha do Quintal o panetone apareceu outras vezes, relembre:


É tempo de Panetone (receita da máquina de pão, adaptada)


Cramique ou Panetone Belga (receita maravilhosa do Livro Larousse da Cozinha do Mundo)


E a embalagem G-33 eu já mostrei em detalhes neste post:




Panetone Caseiro, fofíssimo e com bons ingredientes, a um custo bem atrativo. Quem não gosta?

Embalagem para Panetone Galvanotek G 33 na Cozinha do Quintal

Fabricada em PET, a embalagem é totalmente transparente, com travas nos quatro lados para transportar com segurança. Na caixa vem 100 unidades (tampas + bases). Dimensões: 16 cm de cada lado e 16 cm de altura.

Panetones são uma deliciosa tradição no Natal. Para a família, para presentear, todo mundo adora, certo?

Invista em fitas bonitas e vistosas. Repare que a embalagem tem um rebaixo na parte de cima da tampa nos 4 lados, esses rebaixos são para a fita passar e ficar firme, sem escorregar. Uma boa idéia, eles pensaram em tudo. Aproveite e pendure uma tag, escrevendo no verso os ingredientes e a data de validade. Nessa mesma tag você deve colocar os seus contatos: nome do seu negócio ou o seu, telefone e claro, porquê não as redes sociais também?

Receita deliciosa. Feita com ingredientes selecionados e bem apresentada, vai encantar seus clientes. Panetone na Cozinha do Quintal

Faça e Venda Panetone e Fature =)

A purpurina é da fita =) Não é lindo uma bela embalagem e uma fita estilosa? Faça e Venda Panetone e Fature =)

Panetone é tradição, não pode faltar. Comece já a sua produção e fature!! Na Cozinha do Quintal

Embalagem G 33 para Panetones de 500g da Galvanotek na Cozinha do Quintal

Compre a G-33 na Setor da Embalagem: condições muito especiais, entrega rápida e não precisa CNPJ para comprar, não tem compra mínima, além do atendimento super especial para ajudar o empreendedor a encontrar a embalagem ideal para cada produto. 










Os livros da Martha Stewart são uma grande fonte de inspiração, para receitas e decoração. Eu adoro =)

E para encerrar, duas inspirações para qualquer empreendedor de alimentação, que são dois livros da Martha Stewart. Eu gosto deles porque são lindos, super bem produzidos, fotos incríveis e as receitas são ótimas, as de cookies então... já fiz várias, em breve vou mostrar algumas aqui. O importante é encontrar inspiração, idéias novas, receitas diferentes e isso tudo a Martha tem à vontade.
Os livros da Martha Stewart são uma grande fonte de inspiração, para receitas e decoração. Eu adoro =)

Os livros não estão mais disponíveis em livrarias brasileiras, a não ser por encomenda, o que pode demorar pra chuchu, mas na Amazon você encontra facilmente, não só estes dois como todos os que ela já publicou, além das revistas. E se a gente não pode comprar os livros, nem as revistas, dá para aproveitar muito o conteúdo do site da Martha Stewart, tem milhões de boas idéias para todas as ocasiões, receitas, muito faça você mesmo, fotos maravilhosas e vídeos de montão. É imperdível.


Este post é um publieditorial de interesse do empreendedor de alimentação.



Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Desde 2009 trazendo conteúdo e informação para o empreendedor. Todos os direitos reservados.

Uma torta de maçã especial

em 27 de novembro de 2017

Torta de Maçã do Livro do Chef na Cozinha do Quintal. Massa especial, deliciosa!


Aqui no blog já postei duas receitas de torta de maçã muito boas, na verdade duas variações da mesma receita, estas:







A receita de hoje veio do Livro do Chef, da Editora Senac, uma verdadeira bíblia e um livro indispensável para quem quer trabalhar com comida profissionalmente. A minha edição é a quarta, o livro já está na nona (com nova capa) e vale cada real que você gastar para comprar.

Já fiz resenha e mostrei alguns detalhes em um post (clique aqui para ler sobre o Livro do Chef)

O Livro do Chef na Cozinha do Quintal

O Livro do Chef na Cozinha do Quintal

A receita da massa está na página 1126 Massa Básica para Torta (3-2-1). Como é uma massa grande, tivemos que dividir para fazer apenas uma torta. Quem fez esta maravilha foi meu marido, estava inspirado no sábado e morrendo de vontade de comer uma torta de maçã rsrs

Ingredientes

Massa

267 g de farinha de trigo
5,5 g de sal
178 g de manteiga sem sal
94 ml de água

Sim, medidas precisas exigem uma boa balança, de preferência uma digital.

Modo de fazer

Combine a farinha e o sal. A seguir coloque a manteiga e comece a misturar, primeiro com as pontas dos dedos, até obter uma farofa grossa. Adicione a água e amasse bem até dar liga, mas não é para sovar, ok? Em seguida abra em uma superfície enfarinhada formando um retângulo. Embrulhe em plástico e leve para gelar, acondicionando em um prato grande ou uma bandeja. Mantenha na geladeira por 30 minutos, enquanto isso prepare o recheio (a massa pode ficar na geladeira por até 3 dias ou pode ser congelada por até 6 semanas).

Abra a massa com um rolo, divida em 2 partes e coloque uma parte em uma forma untada e enfarinhada. Use uma forma de 23 cm de diâmetro, com fundo falso para ficar mais fácil de desenformar.

Coloque o recheio e sobreponha a outra parte da massa. Faça um buraco no centro da massa para que os vapores do recheio possam sair (aqui usamos um molde de biscoito em formato de estrela  para recortar a tampa e aproveitamos as sobras da massa, cortando mais estrelinhas e colocando por cima).

Se desejar, pincele com gema. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por no mínimo 30 minutos, o recheio vai borbulhar e a massa vai ficar bem sequinha e crocante.

Retire do forno e deixe esfriar antes de desenformar e servir.

Deliciosa torta de maçã, receita especial, massa que derrete na boca! Na Cozinha do Quintal


Recheio (página 1178)

680 g de maçãs sem casca e sem sementes
142 g de açúcar
25g de amido de milho
2,5g de sal
1 g de noz moscada ralada
15 ml de suco de limão coado
28g de manteiga sem sal derretida

Misture bem os ingredientes do recheio e utilize.

Nós polvilhamos açúcar de confeiteiro misturado com canela porque a gente gosta, vai de cada um. Agora, imagina esta torta em uma caixa bem bacana, decorada, com um cartãozinho fofo... que belíssimo presente!!! Vamos dar comida de presente neste Natal, gente!! É tão bom de ganhar rsrs E para vender, é uma receita super especial, gourmet de verdade =)

Na próxima vez vou usar maçãs verdes. Pode-se fazer com pêssegos, figos, peras, pode-se colocar nozes, uvas passas ou frutas cristalizadas (ou tudo junto para uma soberba torta de Natal). Se você fizer me conta... eu simplesmente amei esta torta, tanto a massa quanto o recheio e só vou fazer assim daqui para a frente. Aprovadíssima =)


Ícone da maçã gentilmente cedido pela Shutterstock, todos os direitos reservados.
Apple icon kindly provided by Shutterstock, all rights reserved.

Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017

Faça & Venda Pizza Profissional com embalagens Galvanotek

em 22 de novembro de 2017



Faça e Venda Pizza Profissional com Embalagens Galvanotek na Cozinha do Quintal

Hoje eu trago uma sugestão incrível para você faturar e muito: pizza!! Quem não ama? Impossível! Quando eu vendia comida no sistema delivery, a pizza era uma das minhas maiores vedetes. Especialmente aos finais de semana, vendi bastante! Por isso quero compartilhar com você a minha receita profissional, testada, certinha, perfeita - sem modéstia nenhuma! 

E para complementar, apresento a embalagem da Galvanotek G-60, excelente opção para quem vai vender a pizza congelada. Sim, esta massa congela super bem!

Vamos ver a embalagem primeiro, depois a receita e os ingredientes.

Fabricada em PET (e já falei aqui no blog que você pode confiar na qualidade das embalagens: todas as matérias-primas são certificadas e próprias para alimentos), a caixa vem com 50 conjuntos de base e tampa. As dimensões: 34 cm de diâmetro e 4,4 cm de altura.

Atenção: estas embalagens não vão ao forno (nem o a gás, nem o microondas). São apenas para transporte, ok?

Pizza de Calabresa deliciosa na G-60 da Galvanotek

Acompanhando as fotos você vai conferir a transparência da embalagem. Além disso, as travas na tampa facilitam a nossa vida e dão segurança de que nada vai abrir no transporte e o acabamento, como sempre é impecável, nada de rebarbas de plástico para a gente se cortar (nem o seu cliente).

Na Cozinha do Quintal você confere as novidades em embalagens para alimentos da Galvanotek. Esta é a G-60, bandeja rasa para pizza.


Do jeito que eu vou te ensinar a fazer, o único trabalho do seu cliente vai ser colocar no forno para aquecer. É prático, principalmente para os finais de semana, quando as pessoas não estão com vontade de fazer comida e para quem gosta de ter opções congeladas no freezer.

Três sabores de pizza na embalagem G-60 da Galvanotek na Cozinha do Quintal

Bandeja para Pizza, da Linha Doces e Salgados da Galvanotek. Esta é a G-60, rasa. Linda! Na Cozinha do Quintal.

A G-60 é super transparente. O cliente vê o que está levando! Na Cozinha do Quintal

Totalmente transparente! Isso é muito legal porque o seu cliente vê o que está levando para casa. E dizem que a gente come primeiro com os olhos, por isso todo o capricho é pouco na hora da montagem.

Faça e Venda Pizza Profissional com Embalagens Galvanotek na Cozinha do Quintal

Foco no detalhe para você ver como a embalagem é perfeita. G-60, da Galvanotek, na Cozinha do Quintal =)

Foco no detalhe para você ver como a embalagem é perfeita. G-60, da Galvanotek, na Cozinha do Quintal =)

Foco no detalhe para você ver como a embalagem é perfeita. G-60, da Galvanotek, na Cozinha do Quintal =)

A massa é muito fácil de fazer. O segredo é usar ingredientes de qualidade, isso quer dizer uma excelente farinha de trigo! Não economize comprando marcas baratinhas.

Outra coisa muito importante é respeitar o tempo de crescimento da massa. Coisas boas levam tempo, por isso não apresse o processo. Vale a pena, eu garanto.





Os ingredientes do recheio também precisam ser escolhidos a dedo. Quanto melhor eles forem, melhor ficará a sua pizza. Pense que hoje em dia em qualquer esquina tem uma pizzaria. Logo, a sua, que vai ser entregue na casa do cliente, precisa superar as expectativas: ela tem que ser realmente boa! No final do post eu vou mostrar os ingredientes que eu uso (e usava na época que vendia), para você ter uma idéia e conhecer algumas boas opções.



Vamos à receita?

Ingredientes Pizza Profissional

1 kg de farinha de trigo
1 colher de sopa de sal
60g de fermento (usei fermento biológico seco - pode ser o fresco na mesma quantidade)
1 colher de sopa de açúcar
100g de banha
2 ovos grandes
500 ml de água

Modo de Fazer - acompanhe a sequência na imagem

1. Em uma bacia grande coloque a farinha de trigo
2. Espalhe o fermento sobre a farinha
3. Adicione o açúcar
4. Adicione o sal
5. Adicione a banha
6. Adicione os ovos e a água, aos poucos
7. Amasse muito bem e comece a sovar a massa
8. Forme uma bola
9. Coloque para descansar e crescer, por no mínimo 1 hora
Pizza Profissional na Cozinha do Quintal - Modo de Fazer

Veja  como a massa dobra de volume! Cresce bastante. Divida a massa em 4 partes iguais. 

Massa de pizza profissional na Cozinha do Quintal

Abra sobre uma superfície enfarinhada com o auxílio de um rolo. Coloque os discos em assadeiras levemente untadas com óleo. A seguir, com um garfo, fure a superfície da pizza e aplique o molho (2 colheres de sopa para cada disco) e espalhe bem.

Massa de pizza profissional na Cozinha do Quintal

Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 10 a 15 minutos, para pré-assar. Quando a massa estiver seca, deslizando na forma, está pronta. Não é para assar demais, cuidado! O objetivo é secar a massa, fazendo um pré-cozimento. Assim, o seu cliente vai recolocar no forno apenas para aquecer e derreter os recheios.
Massa de pizza profissional na Cozinha do Quintal

Recortei as 4 partes da massa para ficarem no tamanho certo da forma (34 cm). Com as sobras deu para fazer mais 1 pizza, portanto esta receita rendeu 5 pizzas deste tamanho. Para quem for fazer com 5kg de farinha (rendimento de 25 discos), a proporção é assim:

5 kg farinha de trigo
100g de sal
300g de fermento
75g de açúcar
500g de banha
8 ovos
2,5 litro de água

Para finalizar, mostro aqui as marcas dos ingredientes que eu uso. Calcule certinho o seu custo e faça o preço justo. A sua pizza vai ficar espetacular! Usei 240g de linguiça calabresa para 1 pizza (isso corresponde a 1 linguiça) e 250g de queijo mussarela ralado grosso - rende mais (também para 1 pizza). O requeijão eu não pesei antes de usar, mas calculo em torno de 100g (gosto mais deste do que daquele outro famoso). Orégano também precisa entrar no custo. Uso molho de tomate pronto, as embalagens profissionais vêm com 2,5 kg de molho (Ajinomoto, Pomarola e Salsaretti são as minhas marcas preferidas). Farinha de trigo só uso Anaconda ou Renata, no caso da pizza usei a Anaconda Premium, é excelente.

Ingredientes profissionais de qualidade: as marcas que eu gosto e recomendo! Cozinha do Quintal

É isso, espero que tenham gostado! Qualidade nos ingredientes, capricho e boas embalagens! A pizza congelada tem validade de 3 meses. Na geladeira, mantenha apenas de um dia para o outro, não mais.

Boas vendas =)

Para saber onde encontrar o distribuidor mais próximo, baixe o aplicativo da Galvanotek no seu celular, além disso você pode consultar o catálogo de embalagens, escolher a mais apropriada para o seu alimento e até encomendar um projeto específico se for a sua necessidade.



Acompanhe a Galvanotek e fique por dentro de todas as novidades em embalagens para o segmento de alimentação:


Este post é um publieditorial de interesse do empreendedor de alimentação.  A Cozinha do Quintal usa e recomenda embalagens Galvanotek.



Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017.



Subir