Beringela assada à moda árabe com Galvanotek

em 25 de fevereiro de 2019

Deliciosa receita árabe de beringela ao forno com sugestão de embalagens Galvanotek para a sua rotisseria na Cozinha do Quintal


A beringela é uma das muitas contribuições do mundo árabe para a gastronomia. Como boa descendente, aqui em casa no mínimo uma vez por semana eu faço alguma versão, pois além de saudável, a beringela é deliciosa e eu adoro.

Das arábias a beringela se espalhou por todo o mundo. Na Itália, onde eu também tenho um pé, a famosa beringela caponata é muito fácil de fazer e deliciosa, refogada em molho de tomate com alcaparras, vinagre, açúcar, cebola, azeitonas pretas e ainda pode ainda levar atum, uvas-passas, cogumelos e pinoles. A versão napolitana é bem mais simples, apenas a beringela com pimentão, cebola e azeitonas.


Beringela Caponata alla siciliana na Cozinha do Quintal



Confira a minha versão de Beringela Caponata alla Siciliana



Lasanha de Beringela na Cozinha do Quintal


Confira a minha Lasanha de Beringela


Claro que qualquer receita de beringela fica boa, pois é um legume extremamente versátil! Nas rotisserias mais finas esta receita que eu vou te ensinar hoje está na faixa de 50 a 70 reais o quilo, ou seja, dá um bom lucro ao empreendedor. Vamos à receita?


Beringela assada à moda árabe


1 kg. de beringela
500g de pimentões variados (usei 1 verde, 1 amarelo e 1 vermelho, grandes)
100g de cebola picada em cubos
10 dentes de alho com casca
2 colheres de sopa de zatar (tempero árabe)
100 ml de azeite de boa qualidade
100 ml de óleo de girassol
sal a gosto

Opcional: azeitonas verdes ou pretas picadas


Beringela assada à moda árabe na Cozinha do Quintal

Modo de Fazer

Lave bem as beringelas e seque com papel toalha. Corte em cubos e coloque em uma assadeira de alumínio grande.

Limpe os pimentões, retirando as sementes e a parte branca de dentro, pique e coloque na assadeira.

Pique a cebola em cubos e coloque na assadeira junto com os dentes de alho inteiros.

Misture o zatar com o azeite e o óleo e deixe descansar por 5 minutos, misture novamente e regue os legumes.

Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por mais ou menos 1 hora, revirando a cada 20-25 minutos. Se necessário, regue com mais azeite. Não é necessário cobrir com papel alumínio.

Veja que beleza que fica antes de ir ao forno! Usei também algumas cebolas pequenas, que foram inteiras para a assadeira.

Beringela assada à moda árabe na Cozinha do Quintal


Depois de assado, fica assim: as cebolas ficam transparentes, macias e deliciosas. O alho inteiro está cremoso por dentro e os pimentões assados ficam incríveis.


Beringela assada à moda árabe na Cozinha do Quintal

O zatar, ou za'atar no original, é na verdade um tipo de tomilho que é típico do oriente médio, um pouco diferente do tomilho que costumamos utilizar. A mistura do mesmo nome é uma combinação de temperos secos, que dão um sabor único a qualquer prato, podendo ser usado em carnes de todos os tipos e em legumes, ou ainda sozinho em pães. Até para temperar uma saladinha fica show.

Você encontra o zatar em casas de produtos árabes e em grandes supermercados. Se na sua cidade não tem nada parecido, prepare a sua versão:

Zatar - tempero árabe


4 colheres de sopa de tomilho seco
4 colheres de sopa de manjerona seca
4 colheres de sopa de orégano seco
1 colher de sopa de cominho
2 colheres de sopa de gergelim tostado
Opcional:
1 colher de sopa de sumac
Especiaria árabe de cor vermelha, também conhecido como sumagre ou sumak, pode ser substituído por páprica.

Misture todos os ingredientes e guarde em pote fechado em local fresco. Quando for usar, misture com azeite e deixe descansar por alguns minutos.

O gergelim deve ser tostado, pode ser o branco ou o preto. Eu não tinha aqui em casa, por isso não utilizei. Além das sementes, você vai encontrar molhos prontos à base de gergelim nos empórios e até em supermercados, como o Gergeline, da Istambul. Tem também o tahine (fale taRRine), uma pasta de gergelim que é deliciosa e que eu já ensinei a preparar aqui:




Almoço com inspiração árabe


A páprica é a doce, não é a picante. Claro que se você for a uma casa árabe, vai encontrar o sumac e é preferível usá-lo, pois o sabor é diferente, especial. Vale a pena! É ele que dá o toque desta receita, mas é claro que em termos de custo-benefício, compensa comprar o zatar pronto. Veja abaixo algumas versões destes produtos árabes.





Eu gosto de comprar o zattar pronto, da Zeenny, aqui em São Paulo no empório sírio da Rua Comendador Abdo Schain, ou na Rua da Cantareira, dentro do Mercado Municipal. A embalagem com 250g sai mais ou menos por 30 reais e a de 500g em torno de 58 reais. Tem a granel também, mas como não costumo comprar não sei dizer o valor.

Embalagens Galvanotek para o seu serviço de alimentação


Para vender, hoje eu trago duas opções de embalagens. A primeira é o último lançamento da Galvanotek, a G 240 da Linha Forno, que já apareceu aqui no blog com panquecas. Ela vai do freezer ao microondas e ao forno convencional e é uma ótima opção se o seu cliente desejar aquecer o prato em casa.


Beringela à moda árabe na G 240 da Galvanotek


Beringela à moda árabe na G 240 da Galvanotek


Esta embalagem é maravilhosa. A tampa é super transparente e fecha bem, com travas e ainda tem uma área bem grande onde você pode colocar a sua etiqueta, informando os ingredientes, data de fabricação e validade (3 dias na geladeira, 30 dias congelada) e ainda, para dar ainda mais segurança para o seu cliente, você pode colocar um pequeno texto com as instruções para aquecimento, no forno convencional ou no microondas.

Se você precisa de uma opção charmosa e mais barata, e claro, se o seu cliente não vai aquecer a beringela, a minha sugestão é a G 796, da Linha Potes, que eu mostrei no post do Natal.

Beringela à moda árabe na G 796 da Galvanotek

Esta embalagem é prática, muito transparente, o seu produto fica lindo nela e isso é importantíssimo! Lembra que a gente come primeiro com os olhos!

Beringela à moda árabe na G 796 da Galvanotek

Beringela à moda árabe na G 796 da Galvanotek

Fabricada em PET, a G 796 da Galvanotek não vai ao freezer e nem ao microondas ou forno convencional, ok? Ela é uma embalagem para alimentos frios, pode ser mantida na geladeira mas não pode ser aquecida. Apenas para transporte.

Beringela à moda árabe na G 796 da Galvanotek

A tampa também tem travas que garantem que o seu produto não vai vazar. O formato é lindo e o acabamento da embalagem é ótimo, não tem rebarbas, nem manchas. Valorização total do seu produto com ótimo custo-benefício.

Só para te dar uma idéia do tamanho, olha as duas juntas:

Beringela à moda árabe nas embalagens Galvanotek


Como eu sempre digo, é o empreendedor que deve decidir qual é a embalagem ideal para o seu produto, de acordo com as suas características. Deve levar em conta a qualidade em primeiro lugar, o custo, a praticidade e a beleza, e com a Galvanotek você sempre encontrará aquela ideal para o que precisa.

Para servir esta delícia, eu fiz também um quibe assado, tem receita dele passo a passo no blog, confere:



Quibe de bandeja passo a passo


Olha o meu pratinho, que simpático!!


Beringela assada à moda árabe e quibe assado na Cozinha do Quintal


Aproveite esta receita e inclua no seu cardápio. Além de encantar a clientela, o forno trabalha para você! O custo dela também é bem convidativo! Faça uma ficha técnica assim:

Ingredientes - Quantidade comprada - Valor pago - Quantidade usada - Valor na receita
Beringela -           1kg                            5,00                  1kg                          5,00
Pimentão -           1kg                            4,50                  1kg                          4,50
Cebola -               1kg                            4,00                  500g                        2,00
Alho -                  1kg                          39,00                    50g                         1,95
Zatar -                 250g                        30,00                    40g                         4,80
Azeite -               1 litro                      20,00                  100 ml                       2,00
Óleo -                 900 ml                       3,00                  100 ml                       0,45
Sal -                    1kg                            3,00                     40g                         0,12

Somando tudo = 20,82
Divida pelo rendimento (3 kg) = 6,94


Além dos ingredientes, você vai ter que somar os valores das embalagens e o custo do gás. Já ensinei aqui no blog como se calcula o gás. O rendimento da receita, desse jeito que eu fiz, é de 3 quilos. Portanto, 1 quilo (só ingredientes) = R$ 6,94. Supondo e chutando que você gaste mais 10 reais nas outras coisas, o seu custo por quilo ficaria em 17 reais mais ou menos, para vender entre 50 a 70, o que é um lucro muito bom!

Valores que eu paguei semana passada (15/02/2019)  no Ceagesp (legumes, alho e cebola). 
O zattar custa em média 30 reais o pote com 250g mas vai pouco na receita, apenas 40g.

Faça e depois me conta!

Confira todas as embalagens no site e nas redes sociais da Galvanotek e encontre a ideal para o seu negócio.








E, por último, deixo para vocês um pensamento... prá pensar na cama rsrs


Provérbio árabe para combinar com a beringela à moda árabe na Cozinha do Quintal =)



Este post é um publieditorial de interesse do empreendedor de alimentação.
A Cozinha do Quintal usa e recomenda as embalagens Galvanotek.  
Todos os direitos reservados. Não utilize as imagens do blog. Plágio é crime!


Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. Não use minhas imagens sem autorização. Plágio é Crime! 2009-2018


10 Anos de Cozinha do Quintal

em 20 de fevereiro de 2019

Blog Cozinha do Quintal: 10 anos de conteúdo para o empreendedor de alimentação



Gente nem acredito!! Dia 23 de janeiro fez exatamente 10 anos que comecei o blog!! Como eu não consegui postar no dia (trabalho, trabalho e mais trabalho, tô reclamando não rsrs) pensei, antes atrasada que nunca, né mesmo?

Quem diria que duraria tanto? Eu não imaginava. Não pensei que ao longo deste tempo mais de 13 milhões de pessoas passariam pela minha cozinha em busca de inspiração, receitas e cálculos!!

Cáspita quanta gente! Prá ser exata, o número fechado no dia 23/01 é 13.198.102 (vou jogar na megasena - joguei e não deu nada kkkkk)

Tive alguns lapsos, fiquei tempos sem escrever nada, ou por excesso de trabalho, ou por falta de inspiração mesmo e eu confesso, não é fácil!

Mesmo assim, a persistência me trouxe até aqui e claro, a sua presença, leitor, é o fator chave de todo esse sucesso, modéstia nenhuma eu acho que sou sucesso rsrs

Alguns dos meus posts preferidos de todos os tempos para você conferir, basta clicar na foto para ir ao post:


Faça e Venda a melhor receita de empadinha com truques e segredinhos para a perfeição!!


O post do pão de mel é um dos mais vistos, já rodou meio mundo e tem muita, mas muita gente mesmo ganhando dinheiro com essa receita!

A melhor receita de pão de mel para fazer e vender é a da Cozinha do Quintal =)


Pavê no pote é uma excelente opção para faturar e variar o cardápio, principalmente se você já faz bolo no pote. A receita rende, é fácil e deliciosa! Recomendo com fervor rsrs


https://www.cozinhadoquintal.com.br/2017/05/faca-e-venda-pave-no-pote-galvanotek.html


Só alguns entre tantos posts. Uma série que eu recomendo também se você ainda não viu. No link abaixo você vai para o primeiro post, a partir dele descobre mais 7 com assunto pra chuchu porque eu falo pra caramba, né?


Série Ganhar Dinheiro com Comida: tudo o que você precisa saber




Série Ganhar Dinheiro com Comida




Nestes posts eu respondo as dúvidas mais comuns e mais perguntadas aqui no blog, que vêm de vocês, leitores!

Blog Cozinha do Quintal: 10 anos de conteúdo para o empreendedor de alimentação


Quantas amizades começaram aqui e se mantém!

Pessoas incríveis, maravilhosas, lutadoras, homens e mulheres que não têm medo de encarar o pesado de trabalhar com alimentação e vão em frente, apesar das dificuldades.


É assim que eu quero comemorar este aniversário e desejar que o futuro do blog seja sempre o de trazer conteúdo de qualidade, informação, receita, cálculo, tudo o que você precisa para se ajeitar, fazer, vender e lucrar com a sua abençoada comida, seja ela qual for.

Tá preparado? Vem mais 10 anos por aí!! E ainda bem que não falta a vontade de aprender, sempre, a cada dia mais!

Blog Cozinha do Quintal: 10 anos de conteúdo para o empreendedor de alimentação


Deixo pra você, leitor e leitora queridos, um abraço ENORME e o desejo de que todos os seus sonhos empreendedores floresçam, cresçam, dêem lucro e muita alegria!



Fotos lindas deste post são da Ruth Black para Shutterstock, todos os direitos reservados.




Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2018

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre + 5 receitas para vender

em 25 de janeiro de 2019

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal


Hoje eu quero mostrar para vocês mais uma novidade da Galvanotek: a embalagem para sanduíches, que agora tem lacre! É a G 565 da Linha Doces e Salgados.

Ela é perfeita para lanches naturais, é prática para usar, protege o seu produto, tem espaço para a sua etiqueta e o lacre garante que somente o seu cliente vai abrir na hora de degustar.

Aqui no blog eu já tinha mostrado uma outra opção de embalagem, a G 545, quem sabe não interessa prá você? Dá uma olhada:


Lançamento Galvanotek G 545 para sanduíches ou petiscos


Embalagem Galvanotek G 545 para sanduíches ou petiscos na Cozinha do Quintal

O lacre garante segurança e proteção para o seu sanduíche!

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal


Uma das maiores tendências da alimentação para este ano, reforçando o que já vem ocorrendo, é focada em produtos naturais: sem conservantes, frescos, e isso não quer dizer necessariamente apenas produtos integrais e naturebas. Existem muitas opções de sabores para o segmento de sanduíches, que tem bom mercado e exige baixo investimento, sendo ideal para os empreendedores iniciantes.

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal

Receitas diferentes de sanduíches para você fazer, vender e faturar!


Sanduíche Copacabana - receita da Sadia
Rendimento: 8 lanches

2 cenouras grandes raladas
2 embalagens de cream cheese ou 1 copo de requeijão cremoso
1 colher de sopa de azeite de oliva
16 fatias de pão de forma integral
32 fatias de peito de peru defumado, peito de frango defumado ou outro frio de sua preferência
8 folhas de alface
sal a gosto

Numa vasilha coloque a cenoura, o cream cheese, o azeite, o sal e misture muito bem.
Passe o creme sobre 8 fatias de pão. Por cima coloque 4 fatias de peito de peru e a alface. Feche o lanche com as outras fatias de pão.



Sanduíche Especial de Camarão com Hondashi - receita da Ajinomoto
Rendimento:  8 lanches

2 colheres de sopa de azeite de oliva
1 cebola pequena ralada
500g de camarão sete-barbas limpo
1 sachê de Hondashi
3 colheres de sopa de extrato de tomate
1 copo de requeijão cremoso
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 xícara de leite
1 pacote de pão de forma sem casca ou outro de sua preferência
1/2 xícara de maionese
1/2 xícara de salsinha picada

Em uma panela grande, coloque o azeite e refogue a cebola até ficar transparente. Acrescente o camarão e continue refogando, até cozinhar bem e secar o líquido que se forma. O camarão muda de cor e fica firme quando cozido corretamente.
Adicione o Hondashi, o extrato de tomate, o requeijão e a farinha de trigo dissolvida no leite.
Mexa bem até ficar homogêneo.
Por último, adicione a salsinha, misture e retire do fogo.

Passe a maionese em cada fatia de pão e disponha o camarão refogado. Se desejar utilizar alface no lanche, aguarde o refogado de camarão esfriar para utilizar.


Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal

Com baixíssimo custo, a embalagem para sanduíche da Galvanotek é a indicação perfeita para quem precisa de economia com qualidade. A caixa vem com 100 unidades.

Nova sanduicheira Galvanotek com lacre na Cozinha do Quintal

Minhas receitas favoritas de sanduíches para vender muito!

Sanduíche de peito de frango defumado, que delícia! Para faturar muito!! Na Cozinha do Quintal.


Sanduíche de peito de frango defumado e cheddar no pão 7 grãos


200g de peito de frango defumado fatiado
200g de queijo cheddar fatiado
2 cenouras raladas
2 copos de requeijão cremoso
1/2 xícara de salsinha picada
1 pé de alface cortado em tirinhas finas

Montagem:

Separe metade das fatias de pão, passe uma camada de requeijão em cada uma. Coloque um pouco de alface e de cenoura. A seguir, ajeite 2 fatias de peito de frango e 2 fatias de cheddar. Disponha mais cenoura e mais alface. Passe requeijão nas demais fatias e feche os lanches.

Sanduíche de atum e milho no pão de milho! Maravilhoso <3

Sanduíche de atum e milho no pão de milho


2 latas de atum escorrido
1 lata de milho em conserva escorrido
2 cenouras raladas
1 copo de requeijão cremoso
1 copo de maionese (use o copo do requeijão como medida)
1/2 xícara de salsinha picada
1/2 pé de alface em tirinhas

Montagem:

Misture a alface e a cenoura e reserve. Misture separadamente o atum com o milho e a salsinha. A seguir, misture em uma outra vasilha o requeijão com a maionese. Passe essa mistura nas fatias de pão, disponha a alface e a cenoura e a seguir o atum misturado com o milho. Passe o requeijão nas outras fatias de pão e feche os lanches.


Sanduíche de atum e milho no pão de milho! Para vender muito e lucrar!

Esse sanduíche de atum e milho é o meu preferido, com certeza! Agora, olha isso se não é de encher a boca d'água!!

Sanduíche de salame e queijo prato no pão de forma sem casca. Delícia fácil de fazer e fácil de vender.

Sanduíche de salame e queijo prato no pão de forma sem casca.


Sanduíche de salame e queijo prato no pão de forma sem casca


300g de salame tipo hamburguês fatiado bem fino
300g de queijo prato fatiado
1 copo de requeijão cremoso
1 copo de maionese (utilize o copo do requeijão como medida)
1/2 xícara de azeitonas verdes picadas
1/2 xícara de salsinha picada
1 pé de alface em tirinhas

Montagem:

Separe metade das fatias de pão e espalhe metade do requeijão sobre elas. Distribua o salame e o queijo. A seguir, a alface. Passe o creme de requeijão nas fatias restantes e feche os lanches.

Todas as receitas são suficientes para uma embalagem de pão normal, o que vai resultar em 8 sanduíches. 

Nova sanduicheira Galvanotek com Lacre na Cozinha do Quintal


Confira todas as embalagens no site e nas redes sociais da Galvanotek e encontre a ideal para o seu negócio.











Este post é um publieditorial de interesse do empreendedor de alimentação.
A Cozinha do Quintal usa e recomenda as embalagens Galvanotek.  
Todos os direitos reservados. Não utilize as imagens do blog. Plágio é crime!


Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. Não use minhas imagens sem autorização. Plágio é Crime! 2009-2018


Doce Natal Galvanotek

em 20 de dezembro de 2018

Embalagens para doces da Galvanotek na Cozinha do Quintal

O Natal já é na semana que vem! Nossa, como o tempo passa rápido, parece que foi outro dia que mostrei as embalagens para panetone que você pode conferir depois:



Faça e Venda Panetone com sugestão de embalagem Galvanotek





Subir