Doce Junho com Embalagens Galvanotek



Receitas de festa junina com dica de embalagem Galvanotek na Cozinha do Quintal


Festa junina é sempre uma delícia e a gente tem que aproveitar, certo? Hoje eu trago receitas e sugestões de embalagens da Galvanotek para você utilizar com doces típicos, fazendo em casa ou para vender.

Muitos doces em junho com amendoim!! Para dar energia no frio =)


A primeira embalagem que eu quero te mostrar é a GA 91, um pote com tampa articulada super prático, que tem um bom tamanho, fabricado em PET e da Linha Potes.

Praliné, paçoca e pé de moleque. Bom hein?


Neles eu coloquei paçoca rolha, pé de moleque e amendoim praliné. No final do post você confere as receitas com todos os detalhes.  As dimensões deste pote são 14,6 cm X 13 cm por 4 cm de altura. Fecha super bem, conservando os doces por muito mais tempo.

Amendoim Doce ou Praliné no pote Galvanotek GA 91 na Cozinha do Quintal


Amendoim Doce ou Praliné, Pé de Moleque e Paçoca no pote Galvanotek GA 91 na Cozinha do Quintal


A paçoca em comprei porque eu adoro essa especificamente e ainda não consegui uma receita que tenha o mesmo sabor e textura. O pé de moleque e o amendoim praliné eu vou te ensinar a fazer, porque é fácil e fica muito gostoso. Além disso, meu marido tem muito jeito e corta os doces direitinho, fica bem bonito! Claro que você pode comprar pronto, eu quis fazer essa vez mas compro também porque é bom demais =)

Praliné, paçoca e pé de moleque. Bom hein?


Pote GA 91 da Galvanotek com doces típicos de festa junina =) Na Cozinha do Quintal


Pote GA 91 da Galvanotek com doces típicos de festa junina =) Na Cozinha do Quintal

Pote GA 91 da Galvanotek com doces típicos de festa junina =) Na Cozinha do Quintal


Pote GA 91 da Galvanotek com doces típicos de festa junina =) Na Cozinha do Quintal


Com uma decoração simples mas feita com muito carinho, esses potinhos vão virar presentes de comer e tenho certeza que vão agradar em cheio as pessoas da família. Além disso, o custo é muito barato. Se você vai fazer para vender, essa embalagem com certeza é uma ótima opção.

Doces juninos nas embalagens Galvanotek na Cozinha do Quintal


A outra embalagem que eu quero te mostrar, especialmente para quem vai vender (e que eu já mostrei com salada!) é a G 732, um pote bem mais alto que o GA 91, muito mais firme e com um diferencial único no mercado, que é o lacre! Sim, depois que fechou, só rompendo o lacre para abrir. Isso garante muito mais segurança para o seu cliente, que vai perceber o seu profissionalismo já na embalagem. Acompanhe as fotos e veja que bacana que é esse pote!

Doces juninos nas embalagens Galvanotek na Cozinha do Quintal


O pote com lacre G 732 tem 14,5 cm por 13,7 cm com 6 cm de altura. Fabricado em PET, a capacidade é de 500ml, cabe bastante! No primeiro eu coloquei barrinhas de doce de amendoim (aquele "gibi") e no segundo umas cocadinhas de côco queimado que são divinas...

Um pouquinho de capricho e uma coisa simples vira um mimo =)


Pote com Lacre G 732 da Galvanotek na Cozinha do Quintal


Pote com Lacre G 732 da Galvanotek na Cozinha do Quintal

Pote com Lacre G 732 da Galvanotek na Cozinha do Quintal


Pote com Lacre da Galvanotek, você vê com todos os detalhes aqui na Cozinha do Quintal

Com uma faixinha de tecido e uma tag fofa ficou muito legal! E quem não gosta de um mimo de comer, não é mesmo? Não é preciso gastar os tubos para fazer algo bacana, é o que eu sempre digo =)

As embalagens da Galvanotek têm qualidade certificada para alimentos!


Cocadas morenas e doce de amendoim com tag fofa (tem para você também!)

Doces típicos de festa junina, quanta delícia!!


Espero que vocês tenham gostado e aproveitem as sugestões!! Hei, mas e as receitas???? Ahhh para você que leu até aqui, tem presente!! Um ebook para baixar, com as receitas destes docinhos!! 

Clique no link e divirta-se! E além das receitas, tem as tags fofas que usei nas fotos e mais outros modelinhos retangulares para você imprimir e usar de montão nos seus mimos de comer =)








Site: http://www.galvanotek.com.br


Instagram: @galvanotek



Acompanhe a Cozinha do Quintal por aí:


Facebook    -    Instagram    -     Pinterest     -     Rede BlogsBrasil
Ouça os nossos Podcasts (Áudios)



Este post é um publieditorial de interesse do microempreendedor de alimentação.
A Cozinha do Quintal usa e recomenda as embalagens Galvanotek.


Cozinha do Quintal por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017

Como fazer uma lightbox e tirar fotos lindas para o seu blog ou negócio



Como fotografar usando uma lightbox feita por você



Este tutorial vai te ensinar um jeito fácil e prático de fazer as suas fotos de comida. 

Se você faz algum tipo de comida para vender, se você divulga no facebook ou em um site ou blog, é muito importante que as suas fotos fiquem perfeitas, porque as pessoas estão vendo a sua comida e não experimentando. 

As suas imagens devem refletir a qualidade da sua comida, o capricho que você coloca no processo! Sim, isso é percebido nas imagens que você usa.

É na foto que você ganha o cliente!!


Além disso, evite os erros mais comuns na hora de fotografar a sua comida: 

- flash ligado
- sombra sobre o seu assunto principal (que é o seu prato, o seu doce, o seu bolo, etc)
- marca d'água imensa sobre a foto escondendo tudo e atrapalhando a visualização
- falta de organização na foto, deixando o alimento amontoado, em caixas feias, com mancha de gordura aparecendo e coisas assim
- não fazer a produção da foto (vou falar disso ainda)
- não empratar com elegância! Faça um prato lindo, irresistível!!

Portanto, para ter boas fotos que passem aquilo que você quer ao seu cliente, que deixe a pessoa morrendo de vontade de comprar a sua comida, o jeito mais fácil é organizar um cantinho para as suas fotos, melhor ainda se você fizer uma "lightbox" como a que eu vou te ensinar hoje!

A função da lightbox é basicamente ser um cenário perfeito para o seu objeto. Bem iluminada, sem "tranqueiras" aparecendo no fundo, com conforto para que você possa produzir uma imagem bacana.

Eu fiz para mim, tenho usado bastante e gosto do resultado. Vamos lá!

Primeiro você vai precisar de uma caixa de papelão forte, que esteja em ótimas condições: limpa, que não tenha sido encontrada no lixo, né? Afinal vai comida lá... Esta eu guardei desmontada dentro de um saco plástico limpo assim que tirei o aparelho de dentro dela. 

Uma boa foto faz a diferença no seu blog! Principalmente para as parcerias =)
Ela é uma caixa muito alta, alta demais até, por isso eu cortei mais ou menos em uma altura que me permitisse trabalhar dentro dela, ou seja, colocar as coisas, mexer, com um certo espaço. Para ter certeza tem que medir, colocar o seu prato dentro da caixa e ver se existe um espaço razoável em volta, para que você possa mexer em tudo e ainda compor um cenário (ou não!)

Abri a caixa toda e cortei na altura que eu achei legal. Não medi, ok? Foi no olhômetro mesmo.

Depois, escolhi uma das laterais para ser o meu fundo. A seguir, abri janelas nas outras 3 laterais.

Faça a sua própria lightbox com o que você tem em casa e tire fotos lindas para o seu blog

Faça a sua própria lightbox com o que você tem em casa e tire fotos lindas para o seu blog

Faça a sua própria lightbox com o que você tem em casa e tire fotos lindas para o seu blog


Montando uma lightbox para tirar fotos para o blog

Feito isso, coloquei papel manteiga (pode ser vegetal, pode ser um plástico leitoso fino, usei papel manteiga porque a gente sempre tem ele na cozinha). Primeiro passei cola pritt e fixei o papel manteiga. Depois que secou, coloquei fita adesiva transparente. Reforcei todos os cantos e fiz o fechamento da caixa.


Montando uma lightbox para tirar fotos para o blog


Montando uma lightbox para tirar fotos para o blog



Como eu cortei a altura da caixa, fiquei com a parte do fundo mas sem nada em cima. Isso é ruim porque a estrutura fica mole e depois desse trabalho todo eu não queria que a caixa desmontasse na primeira vez que fosse usar.

Resolvi o problema fazendo uma tampa removível com um pedaço da própria caixa. Furei as laterais e passei um fitilho desses de nylon. Além disso, fiz um furo bem grande em cima para poder colocar o celular e tirar fotos do tipo flatlay! Ainda não testei para ver se fica bom mesmo, espero que sim.

Quando a gente não pode comprar um equipamento, a gente faz!!!
Ficou assim. A tampa pode ser retirada se eu quiser iluminar de cima para baixo, ou posso colocar a câmera do celular encaixada no furo. Essa gambiarra ajudou a dar firmeza na caixa toda.

Monte uma lightbox para fazer fotos lindas!


Depois de pronta, veja as laterais: 2 cobertas com o papel manteiga e a da frente aberta para poder posicionar a câmera e tirar a foto.

Monte uma lightbox para fazer fotos lindas!
Ah, o Kira ajudou rsrsr

Kira the cat fazendo o papagaio de pirata hahahaha


Como montar e usar uma ligthbox para suas fotos
A caixa pronta em cima da minha mesa de café, ao lado da janela onde mais bate sol, para quando eu quiser tirar fotos dentro de casa. Se for à noite, ou se o dia estiver encoberto ou ainda se a luz for pouca, vou usar duas luminárias dessas baratinhas, uma de cada lado, para que a luz fique suficiente. A parte de cima também precisa ser iluminada e outra luminária vai fazer esse trabalho só que eu ainda não comprei as lâmpadas!

O meu último post, o do pavê, foi feito com as fotos dentro da lighbox. Como a minha intenção era mostrar o doce dentro da embalagem, eu não poderia usar o estilo flatlay (que é tirar a foto de cima). 

Eu achei que as fotos ficaram boas para a minha necessidade do momento. Não coloquei mais nada para compor as imagens, porque o ponto principal era o pote. 

Faça suas fotos aproveitando a luz do dia: a luz da manhã é a ideal

Como o dia estava muito ensolarado, aproveitei e não foi necessário usar nenhuma luz adicional. Veja como ficou uma das fotos do post feitas dentro da lightbox:

Pote da Linha Simplific Galvanotek

Quem já tentou fotografar plástico sabe como é difícil! A luz se espalha pela superfície, fica tudo muito transparente e a gente acaba perdendo a noção do que é a embalagem. Com a lightbox eu consegui deixar a luz natural bem difusa, suave mesmo sobre a tampa e consegui mostrar como as embalagens são muito lisas, sem rebarbas, sem defeitos. Até o nome da empresa em relevo apareceu, coisa que é bem difícil de fazer.

As fotos com o doce montado também ficaram boas. Dá para ver as camadas todas e a boca do pote também, em um bom detalhe.

Potes da Linha Simplific Galvanotek com pavê



Agora você deve estar se perguntando: preciso de uma câmera dessas para fazer boas fotos? Sim, se você quer fotos quase profissionais, vale cada centavo investido em uma boa câmera. Os celulares hoje tem em dia têm boas câmeras, mas pense o seguinte: você vai precisar de um celular bacana para conseguir o mesmo resultado, custa quase o mesmo que a câmera...

Com a lightbox você pode tirar fotos usando o celular também, é claro! Improvise um apoio (sobre uma mesa ou usando uma lata ou pote, por exemplo) para que ele fique firme. Se o seu celular tem comando de voz para bater a foto, use. Se não tiver, faça o toque o mais suavemente possível.

E a lightbox serve para qualquer tipo de produto. Esta foto eu fiz para testar, com as toalhinhas umedecidas da Cotton Line. Coloquei um tecido preso com os pregadores de roupa no fundo, acrescentei uns sapatinhos de bebê (que foram da minha filha) e achei que o resultado ficou muito bom.

Toalhas Umedecidas Baby Care Cotton Line

É claro que além de fazer a foto você vai precisar editar, cortar, ajustar... A parte de edição das imagens é muito importante para corrigir alguma imperfeição que tenha ficado, ou para retirar alguma coisa da foto que entrou onde não devia (e isso sempre acontece rsrs)

O ideal é que você tire muitas fotos, variando as posições do seu objeto, trocando fundos, acessórios, experimentando. Depois, com um bom editor de imagens, você pode selecionar e ajeitar as fotos que ficaram melhores.

Outra dica é que se você tem um blog ou um site para divulgar o seu negócio ou mesmo uma loja virtual, vai precisar de imagens, fontes e mais um monte de coisas. Nem sempre dá para fazer tudo a gente mesmo!! 

Então se liga neste post da minha vizinha Elaine Gaspareto, onde ela montou um pacotaço de recursos (imagens, fontes e muitas dicas) para você usar de graça:


No blog da Elaine Gaspareto você encontra milhares de dicas para o seu blog e para o seu negócio online

10 sites com recursos gratuitos para o seu blog

 + pack de imagens grátis para baixar e usar



Acompanhe a Cozinha do Quintal por aí:

Facebook    -    Instagram    -     Pinterest     -     Rede BlogsBrasil

Ouça os nossos Podcasts (Áudios novos toda sexta-feira)




Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017

5 Sugestões de Cardápios para Marmitex


O que você deve considerar ao montar o cardápio do seu serviço de refeições




Muita gente me escreve dizendo que não sabe montar um cardápio para marmitex, como combinar os diferentes elementos em uma refeição que seja atrativa para o cliente e gere lucro.

Infelizmente a maioria dos empreendedores de alimentação não têm acesso a um profissional de nutrição para elaborar cardápios bem equilibrados, esse ainda é um sonho para muitos, o que quer dizer que a gente tem que pesquisar mais, certo? 

Já falamos bastante de marmitex aqui no blog, se você está chegando agora, acesse o marcador:

MARMITEX


E veja tudo o que eu já publiquei sobre o assunto e tem muita, muita coisa.

Quanto ao cardápio, basicamente ele vai depender de alguns fatores:

Como são as preferências dos seus clientes?

O que as pessoas que compram sua comida gostam de comer? Parece bobagem perguntar isso, mas muitos empreendedores não sabem. Você não sabe? Pergunte! Faça uma pesquisa, todo mundo adora dar opinião, ainda mais para melhorar um serviço que já usa. Você pode enviar uma folha com perguntas quando a pessoa fizer o pedido e aproveite para explicar porque é importante que ela responda.

Caso você já tenha uma boa idéia do que o seu público gosta, por serem os pratos mais pedidos no caso de você ter mais de uma opção de cardápio, então já é meio caminho andado: aprimore e invista onde o lucro aparece mais.

Custo e disponibilidade de ingredientes

Sim, o custo de um prato é muito importante para definir se ele vai entrar ou permanecer no seu cardápio. Se for um ingrediente mais caro, por exemplo, essa escolha precisa ser ponderada, ou seja, vale a pena manter o prato? Ele dá retorno? Vende bem?

A disponibilidade quer dizer que não adianta você querer oferecer um determinado prato que tem um ingrediente difícil de encontrar, ou caro demais, ou as duas coisas. Ou um ingrediente que só está disponível em uma determinada época do ano, a não ser que você já trabalhe com pratos sazonais.

Com essas decisões pensadas, é hora de elaborar as combinações mais interessantes para o seu serviço.

Os cardápios tradicionais, para um público básico, vendem bem, com certeza. Mas se você for trabalhar com públicos mais específicos, como vegetarianos (ou ainda mais específicos como veganos e pessoas com restrições alimentares), é preciso muita pesquisa mesmo para acertar.

http://www.cozinhadoquintal.com.br/2017/02/como-montar-uma-marmita-saudavel.html


Já falei sobre marmitas saudáveis especificamente neste post:




Não que as marmitas comuns não sejam saudáveis, não é isso! É que as marmitas para o público comum podem conter um pouco mais de gordura, frituras, mais batata, mais macarrão, por exemplo. De qualquer forma, eu acredito que em todos os segmentos dá para ser saudável se a sua comida for super fresca e muito bem feita.

Comida bem feita, com bons ingredientes: sucesso!



As marmitas chamadas de "saudáveis", que seguem a tendência de alimentação natural, contém outros tipos de alimentos: funcionais e integrais, que normalmente não são muito utilizados nas marmitas mais comuns, devido ao seu custo mais alto e também à preferência do consumidor.

Procure equilibrar os elementos do seu prato assim:

- proteína (carne, frango, porco, peixe)
- vegetais (legumes ou verduras)
- carboidrato (macarrão, arroz, mandioca, batata, etc)
- grãos (feijões, lentilhas, grão de bico, etc)


http://www.cozinhadoquintal.com.br/2016/07/como-montar-uma-marmita.html

Já falei especificamente sobre o peso das marmitas e quanto colocar de cada alimento na marmita neste post, relembre:



Então vamos ver 5 combinações de cardápio que são interessantes para um negócio tradicional de marmitas.

Segunda
Arroz, feijão carioca, omelete com legumes, bife acebolado.

Terça
Arroz, feijão carioca, filé de frango empanado, batatas na mateiga, abobrinha refogada.

Quarta
Macarrão com almôndegas de carne moída, cenoura e brócolis ao alho.

Quinta
Merluza empanada, arroz, feijão, purê de batata.

Sexta
Feijoada ou
Bife à rolê, picadinho de legumes, arroz, feijão fradinho.


O cardápio tem que agradar ao cliente e gerar lucro!


E for uma "marmita saudável"?

Veja também 5 idéias de cardápios:

Segunda
Maminha assada com ervas frescas (alecrim, manjericão, tomilho). Arroz integral. Feijão Azuki. Refogado de abóbora.

Terça
Bolinho de espinafre e ricota, arroz 7 grãos, frango grelhado, lentilhas.

Quarta
Peixe grelhado, purê de madioquinha, arroz integral, mix de legumes refogados, feijão carioca com linhaça.

Quinta
Arroz selvagem, lombo de porco grelhado, verduras refogadas (couve, ou espinafre, ou mostarda, ou almeirão), grão de bico.

Sexta
Macarrão de abobrinha com atum e queijo tofu.

Estão em alta nas marmitas saudáveis: arroz de couve-flor, feijoada de legumes, hambúrguer de peixe, escondidinhos feitos com inhame, batata doce, mandioquinha, grãos como quinoa, aveia, arroz selvagem, integral, etc.

Isso é só uma idéia para fazer você ver com mais clareza o assunto. Tudo depende de cálculo, teste e preferência do seu cliente, certo?

Converse com seus clientes, analise as preferências e os custos, se for possível, atenda da melhor forma. Busque os fornecedores, negocie uma compra maior de determinado ingrediente com desconto, por exemplo. Pesquise sobre o assunto, leia, busque as informações em livros e revistas. Um negócio de sucesso se constrói assim, com foco no cliente e com muito estudo.



Lembrei que no Slideshare tem sugestão de cardápio para 1 mês para você baixar.
Vai lá! Clica aí embaixo no texto em azul:





Acompanhe a Cozinha do Quintal por aí:

Facebook    -    Instagram    -     Pinterest     -     Rede BlogsBrasil

Ouça os nossos Podcasts (Áudios)





Imagens gentilmente cedidas pela Shutterstock, todos os direitos reservados.
All images kindly provided by Shutterstock, all rights reserved.



Cozinha do Quintal por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017


Blogagem Coletiva #52semanasdegratidao



Blogagem Coletiva #52semanasdegratidao: o que a internet me ensinou


Uma das coisas que mais sou grata na minha vida é a internet. Ela mudou a minha vida completamente!

Desde que comecei este blog, lá em 2009, tanta coisa mudou, evoluiu, cresceu! Eu também, graças a Deus, aprendi muito e hoje quero contar para você alguma dessas coisas.

  • Início
  • Índice por Categoria
  • Uso e Privacidade
  • Loja Virtual
  • Anuncie
  • Contato
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Protetora da Cozinha do Quintal

Santa Clara

Santa Clara
Ilumine nosso caminho!

Siga pelo Bloglovin'

Follow on Bloglovin

Ajude a FIC

Fraternidade Irmã Clara

Conheça uma casa especial
para crianças especiais!!

Blogs Brasil

Direitos Autorais

É proibido fazer cópias do conteúdo (imagens, textos, etc) da Cozinha do Quintal. Plágio (copiar) é crime previsto no artigo 184 do Código Penal Lei 9610.