Blogagem Coletiva #52 Semanas de Gratidão



Blogagem Coletiva 52 Semanas de Gratidão

A proposta de ter posts mais pessoais no blog sempre me parece interessante, porque só falar de comida o tempo todo não é fácil, muitas vezes a inspiração não vem de jeito nenhum! Desde que esta blogagem começou (e eu estou bem atrasada!) que eu venho pensando no tema. 

Eu acho que fui grata a minha vida toda por tudo o que tive de bom, por todo o progresso material e intelectual que eu alcancei, pelas bênçãos, milhares delas, que fazem a minha vida ser muito boa.

Gratidão é como lavanda


Quando eu falo progresso material não quero dizer que sou rica materialmente. Tenho o necessário para viver bem, sem faltar nada, mas a minha vida e a da minha família é bem frugal e sem luxo. Muito simplesmente nós vamos conquistando as coisas, com o trabalho, claro!

E quando o trabalho faltou, coisa que aconteceu bem mais do que uma vez, encontramos o jeito de viver do jeito que deu. Não passei fome, graças a Deus, o pão nunca, jamais, jamais mesmo faltou na minha casa, nem para mim, nem para meus filhos. Se não houve fartura, não houve miséria e isso por si só já é uma grande coisa. 

Cozinhar é alimentar a alma. A minha e as de quem eu amo. Sou grata por isso.


Quando falo em progresso intelectual, quero dizer que conquistei uma educação. Batalhei, estudei - e continuo estudando, de tudo um pouco, simplesmente porque é assim que eu gosto! Não só uma educação formal, da escola, que meus pais conseguiram me dar, principalmente a tal da escola da vida, que encontra uma maneira de nos ensinar sempre, não é mesmo?

Hoje eu vivo do meu conhecimento, daquilo que eu sei fazer. E sei que não me aperto em situação nenhuma, sei que um jeito eu vou conseguir dar para quase tudo o que a vida me trouxer.

Quase tudo porque algumas coisas não dependem da gente dar um jeito: a doença e a morte devem ser aceitas, nem sempre há cura e isso é algo que paira sobre a minha cabeça muitas vezes. Como seria se eu não pudesse trabalhar? Ou meu marido? E se ele morresse, o que eu faria para sustentar sozinha três filhos e uma casa? Como eu conseguiria viver sem ele? Ou vê-lo doente?

Depois da tempestade, vem o tempo bom, o sol, o ar fresco, a grama molhada. Eu sou grata por isso.


Engraçado como essas coisas "ficam" com a gente, às vezes por muito tempo, às vezes porque a idade vem chegando de verdade: este ano eu completo 50 anos!! Cáspita!!! Olho para trás de vez em quando e ainda vejo uma pontinha daquela menina de 18 anos que estava só começando e depois me dou conta que ela não existe mais.

Não, eu não sou uma pessoa que vive no passado. Aliás, somente agora, "do alto dos meus quase 50 anos" - e eu sempre quis dizer isso rsrs, é que eu fiz as pazes com o passado. Não que eu tenha muito o que pacificar, mas como todo mundo, eu também tenho algumas coisas que me incomodavam... quem nunca pensou "se eu tivesse feito isto em vez de fazer aquilo" que atire a primeira pedra.

De modos que sim, hoje em dia pouca coisa do meu passado me incomoda, especialmente o que não deu certo, o que não saiu do jeito que eu queria ou imaginava. Porquê eu fiz o melhor que pude na época, com o que eu sabia e com o que eu podia. E entender isso é extremamente poderoso! Liberta, faz com que a cabeça da gente não fique procurando o que não é possível encontrar! 

No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho


É como aquela história do poeta Carlos Drummond de Andrade que eu adoro: no meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho. Tá, Drummond, entendi. Deixa a pedra lá no meio, porque sinceramente, eu é que não vou carregar!

A imagem das pedras no caminho é cheia de simbolismo... São os problemas, as dificuldades que a gente tem que remover para poder continuar andando.

E sabe? A gente vai andando às vezes carregando a tal da pedra um pouco, às vezes já conseguindo se livrar dela e tudo bem, a vida é assim mesmo. 

A essa altura você deve estar se perguntando: mas afinal, essa mulher é grata ou não é? Pelo quê?? Não é pra falar sobre o que se é grato??? rsrs

No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho


Sim, eu sou grata. Por tudo o que aconteceu que me fez ser o que eu sou hoje. Então, eu sou grata por mim mesma. Isso, eu sou. Não é ser egoísta, petulante, aparecida. Já tive muitos problemas de auto-estima e tenho trabalhado neles com o afinco de quem cultiva uma roça no meio de um morro. Sério rsrs é um trabalho que não acaba rsrs

Eu sou grata por mim, porque hoje eu sei (e passei muito tempo sem saber) que eu sou poderosa, que eu consigo, que eu me amo, que eu sou boa, honesta, limpinha kkkk, que eu sou uma boa mãe (não perfeita, Deus me livre, porque perfeição não existe e se existisse seria muito chata), sou uma boa esposa, irmã, filha e amiga. Sou daquelas que dá um boi para não entrar numa briga mas dá uma boiada para não sair, se alguém que eu gosto for prejudicado ou injustiçado.

Parece fácil escrever isso aí. Dizer que eu sou poderosa, aonde meu Deus! Levou tempo para que eu entendesse a real necessidade de ver as minhas próprias qualidades, de encontrá-las. Eu não pensava assim... eu me achava a pessoa mais sem graça do mundo, mais dependente de tudo, mais afetada pelo que me diziam do que deveria. E sabe? Com a enxada eu carpi esses sentimentos de dentro de mim, como eu disse, como quem faz uma roça no meio de um morro. Com suor e lágrimas rsrs

Paula Mello e sua gangue na Cozinha do Quintal


É isso aí. Beleza, dona Paula: a senhôura, do alto dos seus quase 50 anos, finalmente entendeu alguma coisa nessa vida. E está devidamente "equipada" para os próximos eventos... e vai continuar sonhando com aquela viagem para a Irlanda e para a Escócia, para andar no "trem no Harry Potter" e beber muita cerveja Guiness. Vai continuar trabalhando, acordando cedo e virando a noite, como de costume e vai achar ótimo, ouvindo muito Iron Maiden e U2 que é pra dar aquela força rsrs e com certeza, achando que a vida é linda sempre.



Participe da Blogagem Coletiva #52 Semanas de Gratidão, proposta pela Elaine Gaspareto! Ela explica tudinho no post inaugural da blogagem, é só ir lá no blog dela, inclusive para ver e ler os posts das pessoas que estão participando.





Acompanhe a Cozinha do Quintal por aí:

Facebook    -    Instagram    -     Pinterest     -     Rede BlogsBrasil

Ouça os nossos Podcasts




Imagens deste post escolhidas e gentilmente cedidas pela Shutterstock, todos os direitos reservados.
Images kindly provided by Shutterstock, all rights reserved.
Imagem da guitarra na parede, Pixabay.


Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017

44 comentários:

  1. Belíssima mensagem! Eu, que já estou com 50,, tiro o chapéu para cada palavra que vc colocou! Parabéns!
    Bjs e feliz fds.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Isabel! Já fui ler o seu post também!! Vamos juntas =)

      beijossssss

      Excluir
  2. Paula!!!!
    Te acho uma poderosa sim, fraterna, empreendedora, perseverante.
    Suas fotos são lindas e gostei de conhecer um pouco mais da sua história. Senti reticências no ar... Fiquei com vontade de ler mais.
    Ontem descobri essa blogagem coletiva e fiquei com vontade de aderir. Hoje me deparo com seu post e acentuou a vontade. Vou tentar me programar, porque tenho uma viagem prevista.
    Tão bom ir deixando pelo caminho coisas que não nos servem, né? Parabéns pela superação!
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Gina! Você TEM que participar rsrs

      Obrigada pelas palavras, você sempre é muito amável! E as reticências, essas danadas, também são parte da minha vida! Vou escrever mais sim, tô gostando disso kkkk

      beijossssss

      Excluir
  3. Gostei de te ler e és novinha:50 anos! Já estou com 68 na cacunda,rs... E continuo a aprender e por isso sempre grata! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada menina!! Já fui lá no seu cantinho deixar um beijo.

      Estou amando conhecer tanta gente grata nesse mundão!!!

      Aprender é todo dia, nunca acaba (ainda bem!)

      beijossssssss

      Excluir
  4. Olá Paula.É verdade que tudo o que nos acontece contribui para nos tornarmos o que somos hoje.Importante você agradecer por tudo o que te aconteceu de bom e de ruim porque assim você se tornou uma pessoa forte decidida e inovadora.Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Forte, decidida e inovadora? Não sei não rsrs

      MAs vale o esforço, a consciência, quando a gente sabe AONDE tem que mudar, né?

      Obrigada pela visita e pelo comentário, já fui ler seu post também =)

      beijosssssss

      Excluir
  5. Uma grande vitória poder olhar para o passado e sentir-se em paz.Você é madura, senhora do seu destino e muito segura. Passou isso no texto ... Bom final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, Anabela!! Nem pensei em passar nada no texto, só fui escrevendo o que foi saindo rsrs

      Mas sim, um pouco mais segura, a cada dia. Até morrer, dá tempo!! rsrs

      Obrigada pelo carinho e pelo comentário!

      beijossssssss

      Excluir
  6. Paula tudo bem?
    Adorei teu post me vi rindo não de ti, mas da forma engraçada que falas sobre tua pessoa.
    Até breve
    Sônia
    www.lugaresdicasecuriosidades.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo, Sônia!! Mas fala a verdade: se a gente não rir de si mesma, que serã de nós?? rsrs

      Vamos rir porque não tá fácil não e chorar dá ruga.

      Obrigada pela presença, ainda não consegui ir ler e comentar o seu post, mas eu vou =)

      beijossssssss

      Excluir
  7. Oi! E mt bom olhar pra nossa história de vida e sentir essa gratidão.
    Abraço cordial.
    Oceano Particular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Tatiana!! A gente tem que se esforçar para ver as coisas boas porque somos egoístas e só queremos que tudo dê certo, sempre! E vem a vida e nos mostra que nem sempre dá tudo certo e tudo bem, dá para continuar e sobreviver, certo?

      Obrigada por ter vindo. Adorei o seu Oceano =)

      beijossssss

      Excluir
  8. Olá Paula! Muito lindo seu texto, escrito com o coração. Atividades diárias a gratidão,perdão, auto estima e a certeza que Deus está conosco. Amei seu blog. Paz e Bem! Nice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nice!! ainda não fui ler o seu post da blogagem, mas eu vou!

      Essas coisas devem estar no nosso dia a dia mesmo!

      beijossssssss

      Excluir
    2. Amei sua visita!!!! Já reservei uma cadeira pra você Paula (rs). Jane Austen nossa queridinha! Bjs. Nice

      Excluir
    3. Oba!! Eu levo o bolo, você faz o café =) não vai prestar rsrsr

      beijossssss

      Excluir
  9. Prezada Paula, chego até sua cozinha através da BG "52 semanas de gratidão", da qual venho participando também com toda esta turma legal. Que bom poder lhe conhecer e este seu espçao cheio de inspirações gastronômicas. Espero poder aprender muito com você. Deixo aqui meu abraço e um convite para que venha também conhecer meu "entulier". Desejo-lhe uma linda semana. Até breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi menina!! Eu vou sim! Estou seguindo os links da Elaine, parei no 21 rsrs vou ler e comentar em todos, é tão bom a gente poder sair das panelas um pouco!!

      Seja muito bem vinda, quem ensina também aprende e espero aprender contigo da mesma forma =)

      beijossssss

      Excluir
  10. Respostas
    1. Obrigada Martilka! Ainda não cheguei no seu post, mas eu vou, me aguarde =)

      beijossssssss

      Excluir
  11. OI Paula, adorei a sua participação na BC com post mais pessoal e mostrando to a sua gratidão às suas conquistas. Eu também faço 50tão neste ano.
    Também estou na BC
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Chris!! Não é sensacional?? Quando todo mundo acha triste fazer 50 eu tô adorando a idéia (sempre fui "do contra" rsrs)

      Vou ler seu post sim!!

      beijãoooooooo

      Excluir
  12. Ser grata a si mesmo, vc está super certa.
    Que bom que reconheceu isto.
    Um reconhecimento que só vem com a experiência. Tb me encontro nesta fase e só agora consigo reconhecer certas coisa.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Se eu não for, ninguém vai ser rsrs

      A idade ajuda, a vontade também!

      Já fui deixar um beijo pra você lá no seu post =)

      beijosssssssss

      Excluir
  13. Adorei seu post. Realmente com a idade vamos resignificando algumas coisas, e outras tantas ganham e perdem o valor. Adorei conhecer o seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei conhecer o seu!! Resignifar é lindo... vou guardar essa palavra no coração! Obrigada!!!

      beijosssssss

      Excluir
  14. Que bom ser grato pela vida, pelo que somos e aprendemos, por tudo que conquistamos e que podemos realizar! Boa semana pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Ana Maria! Cada pequena coisa que eu aprendo, eu comemoro rsrs

      Boa semana =)

      beijosssssss

      Excluir
  15. Oi Paula, bt!
    Cheguei aqui pela BC da Elaine e já te parabenizo pelo post. Ótima participação!
    Bjsss e que a sua semana seja de sucesso e abençoada é o que desejo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi menina!! Ainda não cheguei no seu blog, estou indo pela lista da Elaine, mas eu chego, viu?

      Que bom tê-la por aqui =)

      beijossssssss

      Excluir
  16. Paula, acho incrível alguém poder dizer que vive do próprio conhecimento.
    Isso é tudo que alguém pode almejar, não depender de outrem pra viver, e além disso ter essa convicção que de venha o que vier conseguirá sobreviver.
    É por aí...
    Só discordo quando diz que a menina de 18 anos não existe mais.
    Existe sim, claro que existe.
    É ela que aprende algo novo todo dia, tu só não deu os créditos ainda rsrsrsr

    bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, minha amiga! Vamos ver o que o futuro reserva, se a gente vai conseguir viver assim... eu espero que sim =)

      A menina tomou tanta sapatada na vida que cresceu (finalmente)

      beijosssssss

      Excluir
  17. Paulla, como vai? Genteeee, amei essa publicação! Gostei demais, adoro ler/ouvir os mais velhos, a gente vê experiência e exemplo de vida! Motiva a seguir adiante. Bjo, boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosta de ouvir os mais velhos kkkkkk

      Siga adiante, que tem muito mais coisa boa por aí =)

      beijosssssss

      Excluir
  18. Bom dia, querida Paula!
    Cheguei atrasada pois estou no ES e fiquei prisioneira da greve como todo povo daqui...
    Gostei muito de ler seu testemunho de gratidão a Deus pois sem Ele nada tem valor...
    Vai vencer ainda mais pois quem em Deus confia só recebe bênçãos sobre bênçãos...
    Bjm muito fraterno e grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste né Rosélia! Ainda bem que você chegou bem em sua casa.

      beijosssssss

      Excluir
  19. Olá Paula! Só não digo que você sou eu, e eu sou você porque é definitivamente impossivel. Porem é mesmo engraçado que a sua linha de pensamento é idêntica a minha e da qual me orgulho muito. Minha filha de Deus, a vida dá um trato na gente que é um verdadeira maravilha. Eu mesma não deixo a peteca cair, mas nem morta. Com exceção da doença e da morte, duvido nessa vida eu passar fome. É ruimmmmmmmmm! A vida que é uma santa escola me ensinou a ter jogo de cintura e não deixar me abater. Foi dificil, foi aos trancos e barrancos mas aprendi e nessa vida só tenho mesmo que ser muito grata, por tudo.
    Seu blog é lindo e seu conteudo tambem. Parabens pelas suas conquistas e e digo-lhe com franqueza, não é qualquer coisa que nos desanima. Os tempos estão dificeis, mas sabemos sair deles porque quando estamos empenhados no crescimento interior passamos pelas pedras e nem sentimos porque Deus nos segura. Prazer em conhece-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Maria de Lourdes! Deus nos segura.

      Obrigada por suas palavras tão cheias de energias boas! Foi como um abraço!

      Vai saber né? Vai ver já vivemos juntas por outros tempos...

      beijosssssss

      Excluir
  20. Tanta leveza na tua maneira de expressar gratidão!
    Muito agradável te ler. Espero que continue participando!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!

      Vou continuar participando sim, vocês vão ter que me aguentar kkkkk

      beijossssss

      Excluir
  21. Esse crescimento, essa evolução e aprendizagem é algo que almejo muito! Parabéns pelo post! Parabéns pelos quase 50!
    Beijos www.acasadaritablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sarah!!

      Almeje e corra atrás que dá certo =)


      beijossssssss

      Excluir

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Não peça para calcular o preço de venda de nada, pois eu não tenho como fazer isso, ok? Verifique se a sua dúvida já foi respondida nos comentários anteriores. Se preferir, mande um email pra mim no paulamellomorgana@hotmail.com
Comentários mal educados, preconceituosos ou com propaganda são excluídos. Encontrou um erro ou informação faltando? Me avisa? Obrigada!! beijossssssss

  • Início
  • Índice por Categoria
  • Uso e Privacidade
  • Loja Virtual
  • Anuncie
  • Contato


Protetora da Cozinha do Quintal

Santa Clara

Santa Clara
Ilumine nosso caminho!

Siga pelo Bloglovin'

Follow on Bloglovin

Ajude a FIC

Fraternidade Irmã Clara

Conheça uma casa especial
para crianças especiais!!

Blogs Brasil

Direitos Autorais

É proibido fazer cópias do conteúdo (imagens, textos, etc) da Cozinha do Quintal. Plágio (copiar) é crime previsto no artigo 184 do Código Penal Lei 9610.