Em 2011...

Gente, o Natal passou, o Ano Novo também já se foi, hoje já é dia 6 de janeiro...

Estamos bem por aqui, marido se recuperando, no mais seguindo a vida.

Tenho recebido muuitos emails das leitoras queridas, espero estar dando bons conselhos rsrsrs!

E fiquei pensando por estes dias, depois de receber o email de uma querida lá de Fortaleza... Porquê é tão difícil começar um negócio???



Eu não sei. As mulheres pastam pra caramba já em casa, desde que começam a "ter tamanho" para ajudar. Isso varia, no meu caso com dez, onze anos eu já "tinha tamanho" para lavar louça, varrer, cuidar de bichos, essas coisas. Depois vc casa e tudo continua, mesmo para quem trabalha fora, sempre sobra para a mulher arrumar, lavar, passar, limpar, cuidar de filho. 

Eu queria saber aonde é que está escrito que se eu trabalho (e trabalho aqui entendido como o remunerado) por que o serviço da casa tem que ser só meu?? 

Porque o serviço da casa não é visto como um trabalho. Não é mesmo. A dona de casa não faz nada, só fica em casa, cuida dos filhos e do marido, ah mas isso... isso não é trabalho. 

E sabe o que eu acho?? A culpa dessa visão distorcida da realidade é das mulheres. É sim, porque somos nós como mães que educamos nossos filhos que amanhã se casarão, e vão repetir esse padrão de conduta novamente. Vão achar normal suas esposas trabalharem fora, afinal, a mulher moderna precisa trabalhar fora, inclusive para o orçamento doméstico não falir, mas vão achar normal também essa mesma mulher lavar, passar e cozinhar, como se nada mais no mundo mostrasse o contrário.

A única saída, educar nossos filhos. Primeiro para que sejam independentes e saibam fazer o serviço doméstico para si mesmos (pois um dia a gente falta, ou um dia eles saem de casa). Depois para que valorizem as tarefas domésticas não como obrigação que a mãe só tem que fazer, mas que todos em casa dividem com alegria para o bem geral.

Parece utopia, sonho maluco, né? Tem nada não, eu sou mulher e sonho sim, enquanto isso, bota a filharada pra catar os brinquedos, ensine a colocar os sapatos no lugar, a roupa suja no lugar da roupa suja, o lixo no lixo, o cachorro pra fora de casa e você vai ver uma pequena transformação dentro da sua casa...

Ah tá, mas como é que eu faço isso? O folgado do meu filho (eu te amo filhinho, mas tu é um folgado!) não mexe a bunda daqui pra lá. Bom, cara amiga, faça o seguinte: use a arma preferida das mulheres - a chantagem - ah você quer aquele brinquedo bacana no seu aniversário semana que vem? Hum hum, só se fizer isso ou aquilo. 

Não tá chegando o aniversário? Fácil.  Corte o videogame. Ou a tv, ou o skate, ou retire o tênis bacana. Chantagem pura e simples. Funciona que é uma beleza, viu?

Tá, pode falar que eu sou meio nazista, mas se vc tem idéias melhores, manda pra cá, porque eu sinceramente, sei não. 

Beijo e tô voltando.

Um comentário:

  1. Assino embaixo, por enquanto só tenho uma menina, mas tenho um marido folgado que só ele, culpa toda da mamãe dele!!!!
    beijos

    ResponderExcluir

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Não peça para calcular o preço de venda de nada, pois eu não tenho como fazer isso, ok? Verifique se a sua dúvida já foi respondida nos comentários anteriores. Se preferir, mande um email pra mim no paulamellomorgana@hotmail.com
Comentários mal educados, preconceituosos ou com propaganda são excluídos. Encontrou um erro ou informação faltando? Me avisa? Obrigada!! beijossssssss

  • Início
  • Índice por Categoria
  • Uso e Privacidade
  • Loja Virtual
  • Anuncie
  • Contato


Protetora da Cozinha do Quintal

Santa Clara

Santa Clara
Ilumine nosso caminho!

Siga pelo Bloglovin'

Follow on Bloglovin

Ajude a FIC

Fraternidade Irmã Clara

Conheça uma casa especial
para crianças especiais!!

Blogs Brasil

Direitos Autorais

É proibido fazer cópias do conteúdo (imagens, textos, etc) da Cozinha do Quintal. Plágio (copiar) é crime previsto no artigo 184 do Código Penal Lei 9610.