Faça e Venda Feijoada Branca



Outro dia um leitor me perguntou o que ele poderia fazer de diferente para oferecer aos clientes além da feijoada tradicional que ele vende aos finais de semana.

A idéia da Feijoada Branca apareceu logo, pois é uma delícia, muito fácil de fazer, com certeza os seus clientes vão gostar muito.

Lembra um pouco o puchero, tradicional prato espanhol que é feito com grão de bico e carnes (que também é ótimo!)

Receita para 10 porções

1 kg de feijão branco
5 dentes de alho amassados ou picados
1 cebola grande cortada em rodelas finas ou picadinha
1/2 xícara de salsa 
1/2 xícara de cebolinha
5 folhas de louro
2 gomos de lingüiça portuguesa (1 pacote - 400g) cortados em rodelas grossas
2 gomos de paio (1 pacote - 370g) cortados em rodelas grossas
400g de bacon em cubos grandes (antes de picar retire o couro e reserve)
500g de carne seca 
1 kg de costelinha de porco
Os ingredientes são os mesmos da feijoada normal. Opte por aqueles que você achar melhor! No meu caso, não coloquei nem bacon e nem costelinha, mas acredito que para ficar uma verdadeira feijoada, tem que ter tudo isso.

Preparo:

Escolha e lave o feijão em água corrente. Coloque em uma bacia e cubra com água quente e deixe por 2 horas. Após este período, descarte a água, enxágüe novamente e coloque numa panela de pressão, junte as folhas de louro, o couro do bacon, cubra com água e feche. O feijão branco demora para ficar pronto mais ou menos 20 minutos após pegar pressão. Enquanto o feijão cozinha, siga a receita.

À parte, em uma panela grande, frite todos os pedaços de costelinha e reserve. Depois, na mesma panela, frite o bacon aos poucos, reserve. Nesta mesma panela, continue fritando as linguiças e o paio, reserve. Descarte o óleo e a gordura que sobraram em um pote de louça, deixe esfriar completamente antes de jogar  no lixo (ou reciclar!)

Volte a panela das carnes para o fogo. Acrescente 1 fio de óleo novo e refogue o alho e a cebola, até ficar transparente. A cebola vai "limpar" a panela, absorvendo todos os sabores das carnes que você acabou de fritar. Acrescente a carne seca, dessalgada previamente, cozida e desfiada. Adicione um pouco de água, deixe apurar e cozinhar em fogo baixo. 

Agora é hora de verificar o feijão. Retire do fogo, abra a panela e veja se está bom. O ideal é que esteja cozido, mas um pouquinho al dente, porque ainda vai cozinhar com as carnes. Retire o couro do bacon e descarte.

Separe duas conchas de feijão e amasse bem. Coloque esse feijão amassado na panela com a carne seca e acrescente o restante do feijão cozido. Não coloque sal ainda.

A seguir, mexa bem e volte as carnes todas para esta panela. Observe a quantidade de líquido, se estiver muito grosso ou se as carnes não ficarem cobertas, acrescente água.

Mantenha em fogo médio até ferver. A seguir, abaixe o fogo e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando e com a panela semi-tampada, até que as carnes estejam macias e tenras, principalmente a costelinha. Se necessário, acrescente mais água durante esse processo.

Quando as carnes estiverem macias, prove e ajuste o sal se necessário. Coloque a salsa e a cebolinha, misture bem e pronto! É só servir. 


Já ensinei a calcular o custo da feijoada aqui, você pode usar o mesmo raciocínio para esta e para qualquer receita.


Capriche nos acompanhamentos, como uma bela farofa, mandioca frita, couve refogadinha, humm irresistível! Boas vendas!!

0 comentários. Comente também!:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Estou com minha mãe internada, hoje é 24 de agosto de 2016. Graças a Deus ela já está aqui na minha casa, hoje é 10 de outubro! Estou respondendo os comentários aos poucos, então.. tenha paciência comigo rsrs. Obrigada!! Beijosssssssss



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Protetora da Cozinha do Quintal

Santa Clara

Santa Clara
Ilumine nosso caminho!

Ajude a FIC

Fraternidade Irmã Clara

Conheça uma casa especial
para crianças especiais!!

Blogs Brasil

Direitos Autorais

É proibido fazer cópias do conteúdo (imagens, textos, etc) da Cozinha do Quintal. Plágio (copiar) é crime previsto no artigo 184 do Código Penal Lei 9610.