Torta com massa podre e indicação de livro

em 27 de janeiro de 2017



Torta com Massa Podre ou Pâte Briseé na Cozinha do Quintal


Eu adoro comprar livros de culinária. Já tem resenha de vários (e de livros de não culinária também) aqui no blog, é só clicar no marcador Livros.



O "quase último" que chegou foi este, porque eu já comprei mais dois sobre chocolate que eu venho mostrar depois:

Esse livro é ótimo para quem quer começar, tudo bem explicadinho!

Ele não é um livro de receitas, é um livro de técnicas, quer dizer, ensina o básico para a gente incrementar com o que quiser. Eu achei bem legal porque ele vem com muitas fotos de passo a passo que ajudam a entender o processo, principalmente de doces e bolos. Acho que vale muito a pena porque o preço dele é bem razoável (paguei 30 e poucos reais).

A receita de massa podre caiu como uma luva, porque o meu marido estava procurando uma. Testou a minha, não gostou. Fez uma torta com a massa da mãe dele, não era bem aquilo. Daí vimos essa e ele resolveu fazer e não é que ficou bom? Não melhor que a minha rsrs mas vá, ficou bom.

Massa Podre (ou como chamam os franceses "pâte briseé), no livro eles chamam de Massa Esfarelada.

Massa Podre ou Pâte Briseé na Cozinha do Quintal


Ingredientes

200g de farinha de trigo peneirada
1 colher de chá de sal
100g de manteiga sem sal, em cubinhos, em temperatura ambiente***
1 ovo
aprox. 2 colheres de sopa de água

*** Talvez você já tenha visto por aí que para massas podres o ideal é usar todos os ingredientes gelados, principalmente a manteiga. Neste caso o livro especificamente pede todos os ingredientes em temperatura ambiente, inclusive o ovo. E recomenda que todos os utensílios utilizados estejam secos.

Fizemos 2 massas.

Massa Podre ou Pâte Briseé na Cozinha do Quintal


Modo de Fazer

Misture a farinha e o sal. Junte a manteiga e vá esfregando suavemente com as pontas dos dedos. Quanto menos amassar, melhor. Junte o ovo ligeiramente batido e água o suficiente apenas para dar liga, uma colher de água de cada vez.

Enrole a massa em um saco plástico e mantenha na geladeira por 30 minutos. Abra com um rolo em uma superfície levemente enfarinhada, transfira para a forma, coloque o recheio e leve ao forno médio 180 graus até dourar.

Massa Podre ou Pâte Briseé na Cozinha do Quintal

Como recheio para a grande usamos 1 vidro grande de palmito refogadinho com temperos, 2 tomates sem pele e sem sementes bem picado, 1 cebola picada, 1 lata de ervilha. Para as pequenas foi mais ou menos 1 copo de requeijão (daquele bacana) e umas 100g de presunto. Ou você pode usar o que quiser e gostar.

A massa é saborosa, quebradiça e desmancha mesmo na boca. Muito boa! Na torta maior passamos uma gema misturada com um pouco de água (egg wash) para dar uma corzinha. Nas pequenas, como não foi colocada a tampa, não passamos nada.

É isso aí, uma tortinha básica deliciosa para o sábado da preguiça de fazer janta rsrs



Acompanhe a Cozinha do Quintal por aí:

Facebook    -    Instagram    -     Pinterest     -     Rede BlogsBrasil

Ouça os nossos Podcasts



Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. 2009-2017.


2 comentários:

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Verifique se a sua dúvida já foi respondida nos comentários anteriores. Se preferir, mande um email pra mim no paulamellomorgana@hotmail.com
Comentários mal educados, preconceituosos ou com propaganda são excluídos. Encontrou um erro ou informação faltando? Me avisa? Obrigada!! beijossssssss



Subir