Cardápio Marmitex: como criar variações para encantar o cliente?

em 22 de janeiro de 2018

Marmita, marmitex, quentinha: o dilema do cardápio! Na Cozinha do Quintal

Um dos assuntos mais acessados aqui do blog é Marmita. Em alguns lugares do Brasil é marmitex, como em São Paulo, em outros é quentinha, em outros simplesmente marmita. O que ninguém discute é que elas são uma das melhores formas de ganhar dinheiro com comida!

A decisão do cardápio é estratégica, ou seja, a partir dela você vai definir um outro monte de coisas do seu negócio, como a compra dos alimentos, o estoque, os custos, o jeito da sua comida.

Por isso, atendendo a pedidos, hoje eu trago uma sugestão e variações sobre o mesmo tema, para que você possa entender e pensar sobre o processo e encontrar a opção que melhor cabe no seu negócio e para o seu público.

A base de um cardápio bem feito está nestes 3 elementos:

Decisões para elaborar um cardápio de marmitex/quentinha na Cozinha do Quintal

1 - Economia: quanto menor for o gasto para executar o cardápio, melhor. Isto não quer dizer sem qualidade, ou de má qualidade. Tem que ser o melhor cardápio possível com a maior economia possível com a melhor qualidade.

2 - Sazonalidade: se na sua região os ingredientes sofrem com as estações do ano, elabore o seu cardápio com o que você tem em abundância: esses itens estão com preços mais baixos e são mais fáceis de encontrar.

3 - Adequação: ao seu público, claro! O seu cardápio precisa refletir as preferências do seu público. Quem consome a sua comida? Operários, trabalhadores de fábricas? Ou pessoal de escritório, com um pouco mais de poder aquisitivo? Moradores de condomínio? Onde você trabalha o seu negócio também tem uma influência direta e importante na adequação, no que diz respeito aos preços. Em uma zona urbana, em um bairro de classe média alta, o valor da sua marmita é diferente do valor da marmita de bairros mais afastados ou bairros industriais, por exemplo. Tudo deve ser adequado.

Antes de falar do cardápio, quero te mostrar a embalagem que eu escolhi, a Bandeja Refeição com 4 Divisórias G 324 da Galvanotek:


Bandeja Refeição G 324 da Galvanotek na Cozinha do Quintal

Bandeja para refeição G 324 da Galvanoek na Cozinha do Quintal

Bandeja para refeição G 324 da Galvanoek na Cozinha do Quintal

Super resistente, vai do freezer ao microondas com toda segurança. Linda!


Sugestão de Cardápio para Marmita na Cozinha do Quintal

A minha opção para esta marmita é arroz, farofa de milho temperada, seleta de legumes na manteiga (cenoura, batata e ervilha fresca), e a carne é um lombo de porco, fatiado, com cebola e um molhinho leve, da própria carne, sem engrossar. O sabor dessa combinação ficou muito bom!

Lombo de porco, arroz, farofa de milho e legumes na manteiga =) Marmita boa!! Na Cozinha do Quintal

Varie a proteína: substitua o lombo por pernil, sobrepaleta ou filé mignon de porco. Para outras opções, você pode apostar em uma carne de vaca assada, como o lagarto, ou carne louca, ou moída ou ainda bifes de patinho, por exemplo. O filé de frango também vai bem aqui, grelhado, com bastante cebola e salsinha.

Opção de cardápio para marmita você encontra na Cozinha do Quintal

Varie os acompanhamentos: use outros legumes, como brócolis no azeite, couve-flor à vinagrete, vagem e cenoura, beterraba, abobrinha. Ou use uma verdura refogada: escarola, chicória, repolho, acelga, couve e mostarda. O espinafre, apesar de saboroso, não deve entrar sozinho, pois ele reduz muito no cozimento e a marmita ficaria cara, você precisaria de praticamente um maço de espinafre para cada marmita. Mas ele pode entrar misturado a outras verduras, como recheio de bolinhos, etc.

Varie o arroz e inclua um feijão. O feijão é uma unanimidade nacional, todo mundo gosta e ele é perfeito para o almoço. Use e abuse das variedades: fradinho, de corda, preto, carioca, branco, azuki ou japonês, jalo, enfim, são muitas as opções!

Se optar pela carne de porco, substitua a farofa por um molhinho agridoce, como o chutney, e o seu prato vai ser quase "gourmet". Além de ser muito gostoso, o chutney é fácil de preparar e rende bastante. Ele pode ser feito com manga, abacaxi, banana, maçã, figo, damasco, pêssego e até tamarindo.

E aí, gostou das idéias? Conta pra mim como você varia o seu cardápio de todo dia!

Confira os últimos 3 posts sobre marmita:

- Cardápio Marmitex com Sugestão de Embalagem Galvanotek: Arroz, feijão, farofa e uma deliciosa carne de panela na G 324

- Feijoadinha Carioca, receita deliciosa de um feijão carioca cheio de "tranqueiras"

- 5 Sugestões de Cardápios para Marmitex (com mais 5 para marmita saudável)




Site: http://www.galvanotek.com.br

Instagram: @galvanotek



Este post é um publieditorial. A Cozinha do Quintal usa e recomenda as embalagens Galvanotek.
Infográfico Shutterstock, todos os direitos reservados.



Cozinha do Quintal, por Paula Mello. Todos os direitos reservados. Desde 2009 falando de marmita =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Verifique se a sua dúvida já foi respondida nos comentários anteriores. Se preferir, mande um email pra mim no paulamellomorgana@hotmail.com
Comentários mal educados, preconceituosos ou com propaganda são excluídos. Encontrou um erro ou informação faltando? Me avisa? Obrigada!! beijossssssss



Subir