Como montar uma marmita com dica de embalagem

em 26 de julho de 2016

Veja como montar uma marmita de sucesso usando a embalagem da Galvanotek G 331


Uma das maiores dúvidas de quem vai começar um negócio de refeições (as famosas quentinhas/marmitex) é o básico mesmo: como montar? como distribuir os alimentos?

Aqui na Cozinha do Quintal nós já demos inúmeras dicas e sugestões sobre o assunto, para ver os posts anteriores, procure o marcador Marmitex, tem tanta coisa! Tenho certeza que muitas das suas dúvidas serão esclarecidas.

Hoje eu vou dar um exemplo prático de montagem de uma marmita além de sugestão de embalagem.


A primeira coisa que você precisa fazer é definir o seu público-alvo, ou seja, quem vai comprar a sua marmita. A partir disso, você terá condições de pensar sobre o tamanho total da marmita e depois, na distribuição de cada elemento para compor o seu prato.

Por exemplo, uma marmita para operários de obra precisa ser bem reforçada, embora o cardápio possa ser mais simples, ela é uma marmita "de peso": em torno de 1 quilo de alimento.

No caso de marmitas para um público mais preocupado com dietas, você deve considerar que uma marmita de no máximo 500g é mais do que suficiente.

Além da diferença no peso, existem diferenças obrigatórias no cardápio. Para dar sequência ao nosso raciocínio, pense que a marmita para operários de obra teria arroz, feijão, uma carne, macarrão e talvez legumes, tudo junto e em boa quantidade.

Já para uma marmita para dietas, o seu cardápio deve ser diferente, com alimentos integrais, funcionais, sem gorduras, com muitos legumes, verduras e carnes magras. Para este tipo de público, o ideal é ter orientação de um nutricionista na elaboração do cardápio, para que você também saiba exatamente o que está vendendo. Não adianta dizer que a marmita é diet ou fitness se o cliente perguntar quantos gramas de proteína tem e você não souber responder.

Por outro lado, pense que o mercado de pessoas que "se cuidam" e que precisam de uma alimentação mais equilibrada vem crescendo sempre. A alimentação balanceada e natural está super na moda.

Vamos ver a minha sugestão: o prato é composto por arroz com cenoura, feijão carioca e frango com shoyo.

A sua comida vai ficar linda e apetitosa na Bandeja Galvanotek G 331


A distribuição dos alimentos ficou assim:

Distribua os alimentos de acordo com o perfil do seu público, esse é o segredo para uma marmita bem feita =)


Ainda poderia ser um pouquinho menos, em torno de 450g, que é o tradicional do mercado para esta opção, a minha ficou com exatos 500g.

Para acondicionar os alimentos de forma segura, higiênica e prática, eu recomendo esta embalagem da Galvanotek, que se chama "Bandeja para Refeição com 3 Divisórias Baixa", a G 331.

Ideal para refeições congeladas, pois vai do freezer para o microondas sem o menor problema.

Bandeja para Refeições da Galvanotek, perfeita! A G 331 comporta até 500g de alimentos com toda segurança.


A tampa fecha super bem e a embalagem resiste até 100 graus de calor na comida. Para congelar, aguarde esfriar e depois tampe, para evitar a formação de gelo na parte de dentro da tampa, isso não estraga o alimento mas deixa o cliente na dúvida se o congelamento foi feito corretamente, além de ficar feio.

A bandeja G 331 é mais baixa, tem acabamento impecável e é certificada para alimentos.
A comida fica muito bem apresentada, você não acha?
Caso você vá investir nesse negócio com tudo, recomendo que você pesquise sobre o supercongelador, um equipamento que congela o alimento super rápido, mesmo estando quente, evitando a formação de cristais de gelo. Um equipamento caro, super profissional, mas que vale a pena quando o seu negócio já estiver engrenado.

Fala a verdade, dá gosto de ver uma marmita bem montada e apetitosa!


Então, resumindo as dicas essenciais para uma marmita deliciosa:

- higiene absoluta (não esqueça de higienizar as embalagens antes de colocar o alimento!)

- variedade e riqueza de sabores para conquistar a clientela exigente

- aproveite as safras e utilze legumes e verduras da época, sai mais barato

- elabore o seu cardápio, faça testes das receitas para ver o rendimento, o custo e a melhor combinação de alimentos 

- utilize a ficha técnica na elaboração dos seus custos, já ensinamos aqui no blog e é uma mão na roda para administrar o seu negócio, leia o post completo aqui.
- use somente embalagens certificadas, como as da Galvanotek, para oferecer segurança alimentar para o consumidor, aproveite e leia também o artigo sobre a responsabilidade civil do empreendedor de alimentos, é muito importante!! Clique aqui para ler o artigo.
 
- por último, é preferível um cardápio simples e seguro, com orientação nutricional, do que colocar a saúde das pessoas em risco, principalmente se você for vender para aquelas com restrições alimentares (como celíacos, diabéticos, etc). Todo o cuidado é pouco. Procure ajuda profissional, o investimento compensa!

Apostila Digital Marmitex Cozinha do Quintal
Espero que vocês tenham gostado e aproveito para convidá-los a conhecer a minha apostila de Marmitex, com tudo o que vocês precisam saber para iniciar o negócio em casa.

Destaque para o módulo de cálculo, bem explicadinho, passo a passo, com planilha com fórmulas e tudo!

 Para ver tudo o que tem na apostila e adquirir a sua vá até a loja do blog:





As embalagens da Galvanotek me acompanham há anos. Usei muito as bandejas quando vendi marmita, foi um sucesso! Além de seguras, elas são lindas e valorizam ainda mais a sua comida.



Conheça as embalagens no site da Galvanotek:

E acompanhe a Galvanotek no facebook:

https://www.facebook.com/galvanotek/



Este post é um publieditorial de interesse do microempreendedor de alimentação.
A Cozinha do Quintal usa e recomenda Galvanotek.

Cozinha do Quintal, por Paula Mello, todos os direitos reservados. 2009-2016.

4 comentários:

  1. Ola
    Adorei tudo isso e como estou iniciando marmitas congeladas feitas em casa tenho interesse na apostila mas nao cobsegui entrar no site.
    Como faço?
    Aguardo seu contato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre em contato comigo por email =)

      beijosssss

      Excluir
  2. Oi, Paula! Demais a sua página! Você saberia me indicar alguma embalagem para a venda de refeições congeladas (que possa ir ao micro-ondas) mas que seja mais ecológica, biodegradável? Trabalharei com comida vegetariana orgânica, então seria bem bacana manter essa lógica também na embalagem! Obrigada! Beijos! Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, eu não conheço nenhuma empresa que faça embalagens ecológicas que possam ir ao freezer e ao microondas. Existem empresas que fazem as embalagens em materiais recicláveis (quase todo tipo de plástico), entre elas a nossa parceira Galvanotek tem uma linha bem extensa, com certificação, seguindo todos os parâmetros internacionais de segurança para alimentos.

      Tem uma outra empresa que produz potes ecológicos com tampa (não vão ao microondas) quem sabe eles podem te ajudar, é a Estilo Pack.

      Agora, você também precisa considerar o impacto do custo nos seus produtos. Às vezes compensa mais fornecer alguma informação ao seu consumidor sobre a reciclagem das embalagens.

      Espero que você encontre a solução ideal! Depois me conta? Vou adorar saber.

      beijosssssss

      Excluir

Os comentários serão lidos e depois publicados.
Verifique se a sua dúvida já foi respondida nos comentários anteriores. Se preferir, mande um email pra mim no paulamellomorgana@hotmail.com
Comentários mal educados, preconceituosos ou com propaganda são excluídos. Encontrou um erro ou informação faltando? Me avisa? Obrigada!! beijossssssss



Subir